Começando um negócio em Singapura sem dinheiro como estrangeiro

Deseja iniciar um negócio em Cingapura como estrangeiro? Se SIM, aqui está um guia completo para iniciar um negócio lucrativo em Cingapura sem dinheiro.

Ok, tendo fornecido uma análise aprofundada das 50 melhores ideias de negócios Cingapura e uma série de modelos de plano de negócios de amostra específicos do setor; agora analisaremos detalhadamente os requisitos legais, a viabilidade do mercado e tudo o mais necessário para iniciar um negócio em Cingapura. Portanto, coloque seu chapéu de empreendedor e vamos prosseguir.

Cingapura é um local muito bom para fazer negócios no mundo de hoje, graças à sua forte ética comercial e de investimento. Cingapura é um dos países asiáticos mais competitivos e o lugar mais fácil para se fazer negócios.

O país é oficialmente conhecido como a República de Cingapura, e muitas vezes referida como a Cidade do Leão, a Cidade Jardim e o Red Dot é uma cidade global e um estado soberano no Sudeste. A Ásia e a única cidade-estado insular do mundo.Encontra-se um grau (137 km) ao norte do equador, na ponta mais meridional da Ásia continental e na península da Malásia, com as Ilhas Indias Riau ao sul.

O território de Cingapura consiste na ilha principal em forma de diamante e em 62 ilhotas. Desde a independência, a recuperação extensiva de terras aumentou seu tamanho total em 23% (130 km2), e sua política de esverdeamento cobriu a ilha densamente povoada com flora tropical, parques e jardins.

A economia é diversificada, com seus principais colaboradores – serviços financeiros, manufatura, refino de petróleo. Suas principais exportações são petróleo refinado, circuitos integrados e computadores, que constituíram 27% do PIB do país em 2010 e incluem importantes setores de eletrônicos, refino de petróleo, produtos químicos, engenharia mecânica e ciências biomédicas. Em 2006, Cingapura produziu cerca de 10% da produção mundial de wafer de fundição.

Fatos e números de Singapura que o interessarão como investidor / empreendedor

Há muitos fatos e números que fazem de Cingapura um lugar para investir. Não é de admirar que as pessoas lotem Cingapura para fazer uma forma de negócio ou outra lá.Isso ocorre por causa das vastas mentes e recursos que o país possui. Aqui estão alguns fatos reais que você pode achar úteis:

  1. Cingapura possui fortes ligações comerciais internacionais, pois seu porto é um dos mais movimentados do mundo em relação à tonelagem manipulada.
  2. Cingapura é uma hub global de comércio, finanças e transporte.
  3. Por dez anos consecutivos, foi considerado o lugar mais fácil de fazer negócios pelo Banco Mundial.
  4. O Fórum Econômico Mundial (WEF) também considerou o país como o país mais preparado para a tecnologia.
  5. O WEF também o viu como o segundo país mais competitivo do mundo.
  6. É também o terceiro maior centro de câmbio.
  7. Cingapura é o terceiro maior centro financeiro do mundo.
  8. O país possui o terceiro maior centro de refino e comércio de petróleo.
  9. Ele também possui um dos dois principais portos de contêineres mais movimentados desde a década de 2090.
  10. Na última década, foi o único país asiático com a classificação soberana AAA superior de todos os principais créditos agências de classificação, incluindo SP, Moodys e Fitch.
  11. Cingapura é a cidade mais influente de Asias e a quarta no mundo da Forbes.

Se você procura um ambiente saudável, especialmente bom para sustentar uma empresa iniciante, Cingapura é o seu destino de parada. De fato, há espaço para todos os tipos de negócios florescer aqui.Leia para saber mais sobre as opções de negócios mais bem-sucedidas e lucrativas que você pode iniciar em Cingapura.

Iniciando um negócio em Cingapura sem dinheiro como estrangeiro Um guia completo

1. Tenha uma ideia viável: o primeiro passo para iniciar um negócio é conceber uma idéia que seja viável e que tenha potencial para ser lucrativa quando implementada. Em seguida, faça algumas investigações e perguntas das pessoas que estão no nicho em que deseja entrar.

O objetivo de fazer isso é descobrir se o seu produto ou serviço é realmente necessário por lá e se o seu a idéia já está saturada demais no mercado. Provavelmente, você precisará fazer alterações no seu plano de negócios. Calcule suas despesas gerais e tente reduzi-las o máximo possível.

  • Análise econômica

Ao tentar iniciar um negócio em Em Cingapura, muito deve ser encarado do ponto de vista econômico. Alguns dos fatores em consideração incluem o seguinte; Desenvolvimento de capacidade humana e criação de empregos, políticas sociais e iniciativas de responsabilidade social corporativa, melhorias na infraestrutura, transferência de tecnologia e conhecimento.

Você sabia que Cingapura também oferece um ambiente extremamente favorável aos negócios para investidores estrangeiros?De fato, recentemente foi considerada a cidade de melhor valor para empresas estrangeiras.

Todos os fatores que conduzem ao início e à administração de um novo negócio, como um forte mercado cambial, economia de mercado livre, estabilidade financeira, estrutura jurídica e regulamentar robusta, infraestrutura avançada e eficiente, um sistema livre de corrupção, vantagens geográficas estratégicas e mão de obra qualificada estão facilmente disponíveis, o que o torna um centro de investimentos muito atraente.

Principais empresas internacionais como Apple, Google, Credit Suisse, DBS Bank, Procter e Gamble, Microsoft, et al. Já reconheceram o potencial em Cingapura e criaram empresas com sucesso para administrar aqui. Também há imenso espaço para entretenimento comercial, que Cingapura considera uma parte crucial da promoção do investimento estrangeiro.

2. Escreva um plano de negócios : quando tiver concebido uma idéia para o seu negócio, o próximo passo será desenhar um roteiro na forma de um plano de negócios. Entre outras coisas, ele deve conter seus objetivos de negócios, como atingi-los, necessidades de financiamento e planos de marketing. Também pode conter informações básicas sobre a organização ou equipe que está tentando alcançar esses objetivos.

Video

Um plano de negócios não precisa ser muito longo, apenas contém os elementos essenciais do seu plano e pode ser expandido conforme o negócio cresce. O foco do seu plano de negócios também pode mudar com o tempo, dependendo do seu uso.Por exemplo, se você pretende usá-lo para angariar fundos, terá que se concentrar com muito cuidado no gerenciamento, nos aspectos financeiros e no potencial de crescimento da sua empresa.

Lista de documentos legais que você precisa executar uma empresa em Cingapura

Vários documentos devem estar em vigor para administrar uma empresa em Cingapura. A incapacidade de ter todos ou mais desses documentos no lugar significa que você pode ser encontrado querendo ao longo da linha. Como tal, aqui estão alguns dos documentos que você precisará:

  1. Certificado de Incorporação
  2. Certificado de Liberação de Reintegração de Propriedade
  3. Licença Comercial
  4. Plano de negócios
  5. Contrato de não divulgação
  6. Memorando de entendimento (MoU)
  7. Apostila
  8. Contrato de trabalho (cartas de oferta)
  9. Contrato de operação
  10. Estatuto da empresa
  11. Contrato de operação para LLCs
  12. Apólices de seguro

3. Determinação da estrutura de negócios: em Cingapura, existem muitas estruturas de negócios que você pode escolher. Alguns deles são propriedade exclusiva, parceria, sociedade de responsabilidade limitada, subsidiária, filial, escritório de representação e assim por diante.

No entanto, você não deve escolher aleatoriamente porque a forma de formação de negócios realmente afetará muitos aspectos do seu negócio: sua responsabilidade pessoal e credibilidade aos olhos dos clientes, capacidade de pedir dinheiro emprestado e expandir a empresa , atitude de bancos e credores – só para citar alguns.

Qual deles você escolhe depende de vários fatores e deve escolher a estrutura que melhor atenda às suas necessidades. Para determinar quais são, faça as seguintes perguntas:

  • quanto capital você está preparado para investir?
  • Quantos proprietários haverá no negócio?
  • Quais responsabilidades e responsabilidades você está preparado para assumir?
  • Quais riscos você está preparado para assumir?
  • Será fácil fechar uma empresa dessa estrutura específica?

Por exemplo, a propriedade exclusiva é mais adequada para pessoas que desejam estabelecer pequenas empresas sem fazer parceria com ninguém. Se você deseja compartilhar sua empresa com um parceiro, considere registrar uma empresa de parceria.

Essas duas entidades estão ganhando do ponto de vista tributário (sua atividade está sujeita apenas a impostos pessoais), portanto você economiza muito evitando impostos corporativos. O único proprietário é uma ótima opção para trabalhadores independentes ou atividades independentes.

Mas a principal desvantagem de ambas as formas de propriedade é que a sua responsabilidade (como proprietário) não se limita aos ativos da sua empresa e, quando surgirem quaisquer reclamações legais, você corre o risco de perder seus próprios ativos. Se tudo correr bem, você vence, mas se enfrentar problemas, poderá perder tudo o que tem. Portanto, você não está protegido.

  • Parceria limitada

Uma parceria não deve ter mais de 20 parceiros. Quando houver mais de 20 parceiros, a parceria deverá ser registrada como uma empresa nos termos da Lei das Companhias, capítulo 50. Ela terá sua própria personalidade jurídica, isto é, direitos à propriedade, à sucessão perpétua e poderá processar ou ser processada por conta própria. nome.

Os parceiros do LLP não serão pessoalmente responsáveis ​​por quaisquer dívidas comerciais incorridas pelo LLP. Um parceiro pode, no entanto, ser pessoalmente responsabilizado por reivindicações de perdas resultantes de seu próprio ato ilícito ou omissão, mas não será pessoalmente responsabilizado por tais atos ilegais ou omissões de qualquer outro parceiro do LLP.

  • Empresa limitada privada

A melhor opção para uma nova empresa em Cingapura seria uma empresa privada limitada que limita a responsabilidade do proprietário aos ativos da empresa, além de confere à empresa maior credibilidade ao lidar com investidores, clientes e bancos, se você precisar de um empréstimo. É mais flexível e sustentável devido às opções mais amplas de transferência e crescimento de propriedade.Geralmente, tem as palavras Pte Ltd ou Ltd como parte de seu nome.

Outro benefício importante diz respeito aos impostos. O governo de Cingapura mima novas empresas privadas, oferecendo incentivos e descontos fiscais. Libera novo Pte. Ltd. pagou o imposto corporativo pelos primeiros 100.000 SGD de lucro e reduziu pela metade o imposto (de 17% para 8,5%) para os próximos 300.000 SGD. O que excede essa receita é tributado à alíquota de 17%.

É bom observar que, para registrar uma empresa privada limitada, você precisa ter pelo menos um acionista e um diretor (embora possam ser a mesma pessoa). Um diretor deve ser um residente permanente em Cingapura ou em Cingapura.

Se você é estrangeiro e não tem o direito de ficar em Cingapura, pode ficar intrigado com o último requisito: como vai procurar o diretor de Cingapura para a sua empresa? Mas na verdade não é um problema se você envolver uma agência que fornece serviços de incorporação.

Seus pacotes de incorporação incluem a nomeação de um diretor nomeado e até de serviços de secretária. Aproveitar a experiência das equipes de incorporação é uma boa opção também porque eles podem aconselhar sobre a entidade comercial mais vencedora da sua startup, ajudá-lo a calcular todas as despesas em perspectiva e ajustar seu plano de negócios.

4. Escolha um nome comercial: para registrar sua empresa, primeiro escolha um nome apropriado e exclusivo para sua futura empresa.O governo exige que o nome represente a filosofia da sua empresa e não pareça com o nome de outras empresas existentes ou obsceno.

Para evitar atrasos desnecessários, é melhor fazer uma verificação de nome antes da cadastro. Hoje, seria aconselhável combinar o nome selecionado com os nomes de domínio disponíveis, se o site for crucial para o seu negócio. Se você envolver uma empresa de serviços de incorporação, eles farão uma verificação diligente do nome para ajudá-lo a economizar tempo e obter uma melhor representação dos seus negócios.

5. Como obter o endereço certo: uma das necessidades para registrar uma empresa é o fornecimento de um endereço local de Cingapura real, onde você vai alugar instalações. Este endereço é crucial, pois toda a documentação oficial será enviada apenas para esse endereço. Em seguida, você deve aprovar essas instalações com a URA (Urban Redevelopment Authority) e obter uma aprovação comercial de uma forma comercial.

Se sua empresa é pequena, você deseja empregar apenas duas pessoas e fazer Se você não deseja obter um espaço para escritório, pode usar seu endereço residencial para concluir o registro. Se você estiver alugando um apartamento com HDB, deverá solicitar a aprovação do Conselho de Desenvolvimento Habitacional.

Se estiver indo trabalhar em uma casa alugada, deverá procurar permissão para essa atividade através do Home Office Scheme (HOS). .Lembre-se de que, depois de registrar seu escritório na casa particular da HOS, você não poderá empregar mais de 2 trabalhadores estrangeiros e revelar a presença de sua empresa usando placas (placas e outros).

Se você não tiver certeza de qual caminho escolher, consulte um provedor de serviços de incorporação. A maioria deles oferece consultas gratuitas (avaliações), portanto, mesmo se você não reservar um suporte completo para a incorporação, poderá obter uma avaliação complexa e um conselho valioso absolutamente de graça.

As 5 principais cidades para fazer negócios em Cingapura

Embora seja bom fazer negócios em geral em Cingapura, no entanto, algumas cidades e estados têm uma vantagem sobre outras por causa das condições muito favoráveis ​​que oferecem. Diferentes empresas foram adiante para nascer aqui, e também deram origem a outros negócios. Aqui está uma lista das 5 melhores cidades para fazer negócios em Cingapura;

  1. Clementi
  2. Floresta
  3. Bukit Batok
  4. Jurong
  5. Novena

6. Licenças comerciais: para operar a maioria das empresas em Cingapura, você precisará ter uma licença ou outra. E embora você tenha permissão para obter as licenças necessárias somente após a incorporação da sua empresa (registrada pela ACRA), é aconselhável estudar o campo jurídico com antecedência para evitar problemas com a lei no futuro.

Você pode consultar o OBLS para obter licenças específicas necessárias para o seu nicho.Provavelmente, você precisará de várias licenças de diferentes autoridades se sua futura empresa operar nos setores de entretenimento, finanças, educação ou produção de cerveja, cigarros e outras coisas controladas.

7. Subsídios para PME: Costuma-se dizer que Cingapura é um dos lugares mais fáceis para fazer negócios no mundo, e uma das razões para isso é o grande número de subsídios e programas assistentes disponíveis para pequenas empresas. Muitos desses esquemas são oferecidos pela agência governamental SPRING (agora Enterprise Singapore) e podem ser usados ​​para financiar tudo, desde o desenvolvimento de habilidades e o estímulo à inovação até o desenvolvimento de novos produtos e expansão no exterior.

Um esquema popular é o de Produtividade e Crédito de Inovação (PIC), dispensado pela Inland Revenue Authority of Singapore, que permite que sua empresa usufrua de deduções fiscais de 400% até $ 400.000 ou 60% de pagamento em dinheiro até $ 100.000, para investimentos em inovação e melhorias de produtividade.

Há também um subsídio de startups do ACE, um movimento liderado pelo setor privado para empreendedores. A doação ajuda a financiar os cingapurianos a iniciar sua primeira empresa.

8. Registrando sua empresa: Você pode registrar sua empresa em Cingapura, enviando uma inscrição on-line usando o serviço BizFile da ACRA.

Entre no BizFile usando seu número de identificação e o SingPass para enviar uma transação on-line.Você pode fazer isso usando seu próprio computador, nos Centros CitizenConnect localizados em Centros Comunitários ou em um dos quiosques BizFile da ACRA em suas instalações.

Você também pode optar por contratar os serviços de uma empresa profissional como um advogado, contador ou secretários constituídos para enviar a inscrição on-line em seu nome. Demora cerca de 15 minutos para incorporar uma empresa após o pagamento da taxa de registro.

No entanto, pode levar entre 14 dias a dois meses se o pedido precisar ser encaminhado para outras autoridades para aprovação ou revisão. A ACRA emitirá para sua empresa um Número de Registro Comercial (BRN), que serve como um identificador exclusivo (assim como o NRIC) da sua empresa.

Licenças e permissões comerciais necessárias para iniciar uma empresa em Cingapura

Para iniciar um negócio em Cingapura, você precisará de permissões e licenças de negócios federais e estaduais. No entanto, existem licenças e autorizações básicas e mais comuns de que todas as empresas precisam. Sem essas licenças, você corre o risco de ser reprimido pelas autoridades envolvidas na execução das leis comerciais em Cingapura. Eles incluem o seguinte:

Você pode registrar sua empresa facilmente, incluindo filiais estrangeiras, on-line no Bizfile pela Autoridade Reguladora de Contabilidade e Corporativa.Empresas estrangeiras que desejam estabelecer um escritório de representação em Cingapura podem entrar em contato com os órgãos governamentais:

  • Autoridade Monetária de Cingapura, Finanças e Seguros.
  • Autoridade Reguladora de Serviços Jurídicos.
  • Todas as outras indústrias International Enterprise Singapore.

Lista de órgãos governamentais e paraestatais encarregados de registrar empresas e emitir licenças e autorizações em Singapura

Dependendo do negócio que você deseja operar, podem ser necessárias permissões ou licenças comerciais para conduzir um tipo específico de negócio. Sua empresa registrada pode ter que solicitar autorizações ou licenças comerciais se você estiver nessas operações: Serviços profissionais como médicos, advogados, contadores, pilotos, futuros comerciantes de commodities precisam de uma licença profissional. Outros são escolas particulares, agências de viagens, creches, agências de emprego de trabalhadores estrangeiros; os spas precisam solicitar uma licença compulsória para operar os negócios.

Em diferentes países do mundo, existem vários organismos de licenciamento. Cingapura não é uma exceção, uma vez que tem suas agências que estão sobrecarregadas com os assuntos de licenças e licenciamento de negócios. Eles cuidam para que, antes que uma empresa inicie totalmente o comércio, ela tenha que ser bem licenciada.

Todas as empresas devem estar registradas na ACRA (Accounting Corporate Regulatory Authority).Isso inclui qualquer indivíduo, firma ou corporação que realize negócios para uma empresa estrangeira.

Uma empresa estrangeira que deseja criar uma filial para seus negócios em Cingapura precisará nomear dois agentes locais para agir em seu nome. . Esses agentes devem ser residentes de Cingapura, ou seja, cidadãos ou residentes permanentes ou estrangeiros com emprego ou passes dependentes. Informações sobre o registro de uma filial de uma empresa estrangeira estão disponíveis aqui.

Licenças especiais são necessárias para algumas empresas, como bancos, seguros e corretagem de ações. Também são necessárias licenças especiais para a fabricação de mercadorias, como o guia passo a passo dos charutos e fogos de artifício para registrar uma empresa ou empresa em Cingapura no site .gov.sg da empresa.

Muitos empresas globais demonstraram preferência em instalar suas bases em Cingapura. Muitas marcas globais também usam Cingapura como o caminho para entrar em outros mercados asiáticos emergentes. No entanto, ainda existem alguns desafios que ainda são inerentes ao iniciar um negócio neste país.

Aqui estão alguns desafios que enfrentam ao iniciar um negócio em Cingapura como estrangeiro ou não cidadão. Escusado será dizer que alguns desses desafios também podem existir no mercado doméstico de um empreendedor.

Possíveis ameaças e desafios para iniciar um negócio em Cingapura como estrangeiro e não cidadão

  • Impostos enormes
  • Barreira no idioma
  • Cidades desassociadas

i. Cultura: Cingapura como nação ainda mantém seu valor cultural que, em grande parte, foi influenciado pelas filosofias asiáticas. Por exemplo, existe uma forte crença em Cingapura de que o relacionamento comercial não deve ser apressado e que deve basear-se no desenvolvimento pessoal a princípio, e não nas estatísticas dos negócios.

Em outras palavras, existe uma crença geral de um bom relacionamento deve existir entre as partes antes de entrar em negócios com elas. É bom observar que, para um estrangeiro, o esforço para criar laços cordiais ao iniciar um negócio em Cingapura pode beneficiá-lo a longo prazo. Além disso, respeitar a hierarquia e a antiguidade é muito crucial.

ii. Críticas: “salvar a cara” durante a comunicação é um conceito arraigado nos cingapurianos. O rosto é a base sobre a qual o orgulho pessoal e o status social e a reputação de um indivíduo são julgados. Portanto, para “salvar a cara” em público, muitos cingapurianos mantêm suas emoções sob controle e não criticam as pessoas diretamente. esse tipo de comportamento pode ser desastroso para a construção de um relacionamento comercial saudável.

iii. Diversidade entre sua população: Cingapura é um país diverso e, até certo ponto, esse é um dos seus pontos fortes como nação. Os cingapurianos são compostos principalmente por descendentes de chineses, malaios ou indianos. Para poder realizar e sustentar com êxito um negócio em Cingapura, seria necessário entender e apreciar essa diversidade.

Seus vários costumes, culturas e tradições que afetam os negócios devem ser totalmente compreendidos e colocados em perspectiva. Uma empresa pode oferecer um “Programa Fazendo Negócios em Cingapura” para ajudá-lo a entender todos os meandros de fazer negócios em Cingapura e também fazer o uso ideal das oportunidades que existem nele.

iv. Questões de mão-de-obra: contratar trabalhadores para preencher cargos em sua empresa pode ser uma tarefa árdua em Cingapura, especialmente se sua empresa estiver no setor de serviços ou varejo. Isso pode ser atribuído à natureza protetora do governo, bem como à atitude dos cidadãos.

Por algumas décadas, Cingapura exerceu muito esforço no setor educacional e, como tal, houve um consenso. esforços para direcionar sua força de trabalho para ocupações que criam um valor mais alto percebido. Ocupações como medicina, bioquímica, finanças de engenharia et al. são mais prováveis ​​de serem preferidos pelos indígenas, em oposição às ocupações no turismo, varejo, indústria de serviços et al.devido ao status associado às antigas ocupações e ao prestígio que elas trazem.

Uma maneira fácil de combater essa dicotomia seria empregar mais estrangeiros, mas o estado de Cingapura dificulta bastante sua imposição. de altas taxas e cotas para trabalhadores estrangeiros.

v. Altos custos indiretos físicos: mão de obra não é a única parte cara de se fazer negócios em Cingapura. Devido ao tamanho do país, a terra também tem uma alta tendência de preço alto. Isso também vale para aluguel; construir uma fábrica, alugar um espaço de escritório ou uma pequena loja de varejo acabará custando ao investidor duas vezes ou mais quando comparado a outros países vizinhos.

Além disso, muitos materiais e recursos que podem ser usados ​​na produção não pode ser produzido em Cingapura e, como tal, terá que ser importado, aumentando ainda mais os custos de produção de mercadorias em Cingapura.

vi. Licenças de construção: ao tentar obter uma licença de construção em Cingapura, não há menos de 11 procedimentos pelos quais você precisaria passar antes de obtê-lo. Todo esse processo levará menos de um mês para ser concluído. As empresas também devem obter uma permissão por escrito da URA (Urban Redevelopment Authority), antes que o plano estrutural possa ser aprovado.

vii.Procedimento demorado de eletricidade: obter conexão de eletricidade pode ser um procedimento bastante demorado para quem pretende iniciar um negócio em Cingapura. Levará pelo menos trinta e seis (36) dias para obter uma conexão de eletricidade. No entanto, a maior parte desse tempo é gasta na abertura de uma conta de eletricidade e no pagamento de todas as taxas de conexão necessárias.

viii. Registrando um imóvel: registrar um imóvel para estrangeiros em Cingapura pode ser um processo longo e complicado, especialmente quando você considera as taxas a pagar. As empresas que são novas nas operações do país podem gastar muito tempo realizando pesquisas em vários órgãos governamentais que podem ou não estar envolvidos no processo, como a Inland Revenue Authority, a Land Transport Authority, o Ministério do Meio Ambiente et al.

ix. Acesso a facilidades de crédito: Embora Singapura esteja classificada em 12º no mundo em termos de facilidade de obtenção e acesso a crédito, as empresas devem observar que indivíduos e empresas estão isentos no registro público de crédito com informações no histórico de empréstimos dos últimos 5 anos.

x. Alta taxa de concorrência: como mencionado anteriormente, Cingapura é um ótimo lugar para fazer negócios e, como tal, atrai o interesse de muitos investidores. No entanto, isso também pode apresentar um problema peculiar para um estrangeiro que deseja iniciar um negócio em Cingapurapetições crescentes com outros estrangeiros e não cidadãos, plataformas on-line e empresas locais representam um enorme risco para quem pretende iniciar uma empresa aqui.

Fatores ou incentivos que incentivam os investidores a se aventurar nos negócios Cingapura

É desejável que os investidores rasgem quando plantam, pois seria realmente vital que o país a ser investido tenha um terreno altamente fértil que possa gerar retornos . Vários incentivos atraem investidores em Cingapura. Aqui estão alguns dos benefícios do investimento:

  1. Economia forte com base no PIB.
  2. Tolerância zero à corrupção.
  3. Economia de mercado aberto.
  4. Preços estáveis.
  5. Transporte vibrante.
  6. Cingapura tem uma economia de mercado livre altamente desenvolvida e bem-sucedida.
  7. Mão de obra qualificada e força de trabalho.
  8. Alíquotas baixas.
  9. Infraestrutura avançada.
  10. A economia de Cingapura é conhecida como uma das mais livres, mais inovadoras, mais competitivas, mais dinâmicas e favoráveis ​​aos negócios. .

O Índice de Liberdade Econômica de 2015 classifica Cingapura como a segunda economia mais livre do mundo. De acordo com o Índice de Percepção da Corrupção, Cingapura é consistentemente classificada como um dos países menos corruptos do mundo, juntamente com a Nova Zelândia e os países escandinavos.

Singapura possui as onze maiores reservas estrangeiras do mundo e uma das mais altas posição líquida de investimento internacional per capita.A moeda de Cingapura é o dólar de Cingapura (SGD ou S $), emitido pela Autoridade Monetária de Cingapura (MAS).

É intercambiável com o dólar de Brunei pelo valor nominal desde 2067, devido ao seu fechamento histórico. relações. O MAS gerencia sua política monetária, permitindo que a taxa de câmbio do dólar de Cingapura aumente ou diminua dentro de uma faixa de negociação não divulgada. Facebook co-Índice de sigilo dos principais paraísos fiscais do mundo, pontuando um pouco à frente dos Estados Unidos.

Cingapura tem a maior porcentagem de milionários do mundo, com uma em cada seis famílias com pelo menos um milhão de dólares em riqueza disponível. Isso exclui propriedades, negócios e bens de luxo, que, se incluídos, aumentariam o número de milionários, principalmente porque os imóveis em Cingapura estão entre os mais caros do mundo.

Singapura não tem um salário mínimo, acreditando que diminuir sua competitividade. Possui também uma das maiores desigualdades de renda entre os países desenvolvidos.

Lista das 10 marcas estrangeiras conhecidas que fazem negócios em Cingapura

Ao longo dos anos, várias marcas deixaram de ser pequenos e se tornaram nomes familiares. Uma das coisas boas dessas marcas é que elas são estrangeiras.Aqui está uma lista de 10 marcas estrangeiras conhecidas em Cingapura;

  1. DHL
  2. McDonalds
  3. ExxonMobil
  4. Delliote
  5. Panasonic
  6. Philips
  7. Citibank
  8. Sony
  9. IBM
  10. General Electric

Lista das 10 empresas indígenas conhecidas em Cingapura

  1. Wilmar
  2. Chin Han
  3. Pedro
  4. Tecnologia criativa
  5. Impressões
  6. Pizza magra
  7. Bakerzin
  8. Expressa tailandesa
  9. Browhaus
  10. Pirate3D

Lista dos 10 empresários indígenas mais populares de Cingapura

  1. Wilmar
  2. Razer-Tan Min-Liang
  3. Árvore de Banyan – Ho Kwon Ping
  4. Óleo de machado – Leung Kai Fook
  5. X-Mini Xmi Pte Ltd.
  6. OSIM -Ron Sim
  7. Thai Express
  8. Akira
  9. BreadTalk- George Quek
  10. Charles e Keith
Você pode marcar esta página