Como se tornar um especialista em cobrança e codificação médica em casa

Deseja ser um codificador médico certificado? Se SIM, aqui está um guia / requisito detalhado sobre como se tornar um especialista em cobrança e codificação médica em casa.

Uma carreira de cobrança e codificação médica pode ser lucrativa para as pessoas interessadas no setor de saúde. Profissionais de codificação médica e de cobrança processam e codificam reivindicações de seguro de saúde, gerenciam contas de pacientes e rastreiam avaliações de qualidade. Eles trabalham nos bastidores para fornecer assistência e ajudar a manter a precisão e a integridade das funções de cobrança dos prestadores de serviços de saúde.

Esses profissionais garantem que as alegações de saúde sejam processadas e codificadas com eficiência, de modo que as companhias de seguros e prestadores de serviços de saúde são reembolsados ​​pelo valor correto. O trabalho deles é garantir que os pacientes não sejam cobrados demais pelas consultas de rotina. Essa carreira permite um estilo de trabalho independente, pois esses profissionais trabalham em bancos de dados eletrônicos para acessar contas médicas e reivindicações de seguro.

Para funcionar com eficiência nesta carreira, você precisará de todas as ferramentas necessárias para iniciar o processamento de reivindicações por conta própria. No entanto, os supervisores estão lá para ajudar se você tiver um problema. Se a independência é uma característica ideal da carreira, pode ser um bom caminho a considerar.

De acordo com relatórios do setor, espera-se que o setor de cobrança e codificação médica cresça em 15% de 2014-2024. Observe que essa taxa de crescimento é mais rápida que a média para todos os outros trabalhos. Os especialistas do setor esperam que a população de baby boomers precise de mais serviços de saúde à medida que envelhece e se torna mais suscetível a doenças. Portanto, prevê-se um aumento na demanda por mais especialistas em codificação médica para processar reivindicações e contas.

Para começar, você precisará de um computador, telefone, Internet de alta velocidade e um manual de codificação que o ajudará quando você procura códigos. Depois de receber uma oferta de emprego, pergunte ao seu empregador se eles permitem que especialistas trabalhem em casa. Outro benefício dessa carreira é que ela tem uma curta duração de treinamento.

Passos sobre como se tornar um especialista em cobrança e codificação médica em casa

A cobrança médica e especialista em codificação está no meio do ciclo de receita de assistência médica.Ao criar registros precisos de serviço e cobrança, esses especialistas permitem que os profissionais de saúde se concentrem mais no atendimento aos pacientes.

Para atingir efetivamente esses objetivos, o especialista em cobrança e codificação médica deve manter registros detalhados de todos os serviços de saúde prestados ao paciente, manter arquivos atuais dos dados demográficos, de seguros e de conta do paciente. em formação. Em seguida, eles terão que converter todos esses registros em códigos que reflitam o histórico médico, os diagnósticos, os testes e os tratamentos do paciente.

Um especialista em cobrança e codificação médica também precisará usar os dados codificados para criar faturas ou reivindicações que relatam com precisão e confidencialidade os serviços prestados e as condições do paciente. Abaixo estão as etapas para se tornar um especialista em cobrança e codificação médica:

  1. Ganhe seu diploma do ensino médio

Alunos do ensino médio interessados ​​em faturamento e codificação médica podem aumentar suas perspectivas de emprego tendo aulas de terminologia médica, biologia, anatomia e fisiologia, tecnologia da informação e operações de escritório. Depois de obter seu diploma do ensino médio, alguns especialistas em cobrança e codificação médica podem treinar exclusivamente no local de trabalho.

Uma estratégia é conseguir um emprego administrativo em um escritório de cobrança de um médico ou hospital e seguir seu caminho. Outra dica é encontrar um aprendizado registrado em codificação médica. Esses programas de treinamento de um ano pagam profissionais de cobrança e codificação de nível básico para aprender no trabalho. Você também receberá um certificado de conclusão reconhecido em todo o país.

Mas lembre-se de que precisa de um diploma do ensino médio ou GED para ser um médico. Alguns programas, como o AAPC, exigem um diploma de associado e um curso em anatomia, fisiologia ou outros campos relacionados. Aproveite o tempo para pesquisar e descobrir o tipo de cobrança médica que você deseja fazer. Se você deseja simplesmente criar contas médicas, pode se inscrever em programas on-line como AHIMA e AAPC.

Mas, se você gostaria de trabalhar em uma variedade de ambientes, como um hospital ou consultório médico, precisam de mais educação que também esteja disponível nessas organizações, bem como em faculdades e escolas técnicas locais. Observe que quanto mais aulas você fizer, mais isso custará. Considere candidatar-se ao que você pode pagar e aumentar a sua educação da maneira que puder.

2. Inscreva-se em um programa de certificação ou obtenha um diploma de associado

Embora não haja requisitos educacionais formais para esta carreira, muitos empregadores consideram apenas candidatos a emprego com ensino superior.Estão disponíveis programas de certificação e programas de graduação associados, como em uma comunidade ou faculdade técnica credenciada.

Os cursos de biologia, química, ciência da computação e matemática fortalecerão um currículo. Os especialistas aconselham que você pesquise as diferentes opções de programas, incluindo programas independentes de certificação e programas reconhecidos, como AAPC ou AHIMA.

Cada programa possui diferentes requisitos de educação e certificação, mas geralmente são compostos dos componentes básicos de educação e um exame de certificação. Analise os recursos de cada programa para ver qual deles melhor se adequa às suas idéias e desejos de ser um faturamento médico. Registre-se em um programa de certificação nos sites da AAPC ou da AHIMA.

Isso também pode indicar programas afiliados em sua área. Forneça as informações necessárias para o registro, o que geralmente incluirá suas informações pessoais, formação educacional e profissional e qualquer outra coisa que possa ser relevante para o seu desejo de ser médico. Você também pode precisar se tornar um membro da organização de certificação. Por fim, pague as taxas do curso exigidas pelo programa.

3. Seja certificado

Assim como declaramos acima, embora a certificação não seja necessária, a maioria dos empregadores prefere candidatos com certificação. Tornar-se certificado, embora estritamente voluntário, aumenta sua probabilidade de garantir uma posição de pagamento mais alta.

A Academia Americana de Codificadores Profissionais (AAPC), a Associação Americana de Gerenciamento de Informações de Saúde (AHIMA) e a Associação Americana de Faturamento Médico (AMBA) – entre outras – oferecem opções de certificação reconhecidas para faturadores e codificadores médicos. Observe que imediatamente que você concluiu seus requisitos de educação e pré-certificação, envie um pedido à sua organização certificadora para fazer o exame de certificação.

Consulte o site da organização para obter os requisitos exatos de inscrição. Lembre-se de agendar uma data de exame a partir das opções em sua área. Você deve participar de um exame com um procurador em um local físico. Receba as cartas de recomendação e a verificação do empregador de que você precisa para fazer o exame.

Depois de ter se inscrito para fazer o exame de certificação, é necessário fazê-lo para obter sua certificação médica. Você deve estudar antes do exame para melhorar suas chances de aprovação na primeira tentativa. É aconselhável que você se encontre com colegas de classe ou participe das reuniões de capítulo local das organizações para conhecer pessoas com quem você pode estudar.

Você pode descobrir que aprende mais estudando em grupo do que se estuda sozinho. Não se esqueça de usar os livros de codificação mais recentes para estudar para o exame. Esses recursos são atualizados todos os anos e não usar o volume adequado pode limitar suas chances de aprovação. Certifique-se de estudar uma variedade de tópicos para o seu exame.

Muitos exames terão perguntas nos seguintes campos: anatomia, terminologia médica, tecnologia da informação e computadores, codificação, seguro, fraude e abuso, leis de conformidade e saúde. Na maioria dos casos, você fará o exame em um local designado, mas alguns programas podem permitir que você faça o exame on-line.

Após agendar a data do exame e se preparar, faça o exame no momento que achar necessário. confortável. Certifique-se de pagar as taxas antecipadamente, para poder entrar no mercado de trabalho o mais rápido possível.

Lembre-se sempre de verificar as informações de exame recebidas da organização de certificação. Anote o nome do seu proctor e número de telefone para verificar as informações do exame. Obtenha os resultados do exame entre 7 e 10 dias após a realização do exame. Os resultados geralmente estão disponíveis on-line e por correio.

4. Treine também no trabalho

A maioria dos empregadores fornece treinamento no trabalho, mas o funcionário deve provar seu domínio dos padrões de cobrança e codificação reconhecidos nacionalmente. Lembre-se também de que alguns programas podem exigir experiência prática como parte de seu programa educacional.

Se o seu não for, considere fazer um estágio ou trabalhar em um consultório médico para obter experiência prática que possa ser possível. aumentar sua educação e ajudá-lo a passar no exame de certificação. Além disso, um estágio pode abrir as portas para seu futuro emprego.

Considere conversar com um conselheiro de carreira, um consultório médico local ou recorrer a uma rede profissional para obter experiência prática. Pergunte sobre os melhores tipos de trabalho para suas metas específicas de educação e certificação. Observe também que muitas organizações consideram necessário dois anos de experiência como faturadora médica para passar no exame de certificação.

5. Aproveite as oportunidades para sua carreira evoluir

É muito importante afirmar que os especialistas em cobrança médica mais bem-sucedidos iniciam sua carreira profissional na recepção, compartilhando responsabilidades de recepção e codificação. Depois de ganhar alguma experiência, os especialistas são promovidos para cargos de maior responsabilidade, onde ocorrem as operações principais de faturamento e escritório.

Observe que, com educação e experiência adicionais, um especialista pode obter avanços adicionais no papel de gerente de escritório, administrador ou supervisor de cobrança. Como faturadora médica certificada, você tem a opção de trabalhar em diferentes ambientes profissionais.

Considere enviar cartas de intenções aos empregadores locais sobre o seu interesse em trabalhar para eles. Por exemplo, entre em contato com os hospitais locais e pergunte se eles estão procurando alguém com sua certificação e habilidades. Não tenha vergonha de pedir a outros médicos faturadores da sua região se eles conhecem alguma oportunidade de emprego.

Verifique também os sites de organizações profissionais como AMBA, AAPC e AHIMA para obter uma lista de empregos.Registre-se em um caçador de cabeças ou agência de colocação para ajudar a encontrar oportunidades como faturamento médico. Se você foi certificado recentemente e está procurando emprego, considere o voluntariado durante o tempo de inatividade.

Tente ver o voluntariado como uma maneira de obter uma valiosa experiência prática e fazer incursões na profissão de faturamento médico. Lembre-se de que também ficará bem em seu currículo. Tente também se conectar com outros profissionais de cobrança.

A reunião com outros médicos pode aumentar seu conhecimento sobre a profissão e ajudá-lo a encontrar trabalho. Participe de workshops, reuniões de capítulos locais e conferências nacionais sempre que tiver a chance. Participe de organizações locais e nacionais de médicos de cobrança, como AMBA, AAPC e AHIMA. Essas organizações têm capítulos locais, reuniões regulares, conferências nacionais e eventos em que você pode conhecer outros profissionais de saúde certificados.

Recursos úteis para especialista em cobrança e codificação médica

Como especialista em cobrança e codificação médica, lembre-se de que grupos comerciais e associações industriais oferecem oportunidades de educação, treinamento e certificação. Você não precisa ser um codificador de trabalho para visitar esses grupos. Eles podem ajudá-lo a adquirir novas habilidades, buscar especializações ou simplesmente aprender mais sobre a profissão.

Se você é um programador de longa data que deseja aprimorar suas habilidades ou um aluno em potencial que procura o programa educacional, isso é apenas o ajuste certo, você não está sozinho.Existem muitos grupos, organizações, academias e serviços de carreira projetados especificamente para programadores ou aqueles que desejam seguir carreiras no campo.

  1. Associação Americana de Codificadores Profissionais

A AAPC é a maior agência de credenciamento e treinamento em saúde do mundo, com mais de 175.000 membros. Ele fornece a seus membros a certificação CPC (Certified Professional Coder) amplamente reconhecida em pelo menos 10 das especialidades mais populares. Também fornece treinamento para essas certificações, que a organização alega poder dobrar as chances de um candidato ser aprovado no exame CPC.

  1. Associação Americana de Gerenciamento de Informações em Saúde

A AHIMA possui vários recursos, tanto para profissionais do setor quanto para aqueles que estão considerando uma carreira ou apenas iniciando seus estudos. Essa associação fornece uma variedade de certificações, além de materiais educacionais, treinamento e tutoriais sobre essas certificações.

Também mantém uma seção especial apenas para os alunos. Observe que os possíveis programadores podem encontrar detalhes sobre como financiar sua educação, a diferença entre diplomas e certificações e como encontrar o programa certo.

  1. Associação de gerenciamento e cobrança de serviços de saúde

Com 25 anos de história, a HBMA é uma empresa sem fins lucrativos associação que oferece educação, certificação, colaboração e defesa para profissionais de cobrança e codificação de serviços de saúde.

  1. Associação de gerenciamento de grupos médicos

Esta associação fornece certificação e outras marcas de sucesso educacional, comparando dados e estatísticas. Também organiza eventos do setor, oferece oportunidades de networking e desenvolve materiais informativos para profissionais do setor.

  1. A Associação Profissional de Especialistas em Codificação em Saúde

O PAHCS é mais conhecido como um local de coleta de rede para especialistas em codificação, e sua missão declarada é aprimorar a documentação, conformidade e recursos de reembolso. A rede oferece certificação em quase 20 áreas diferentes.

  1. Academia Americana de Codificadores Profissionais

O foco da AAPC exclusivamente em codificadores médicos baseados em médicos. Você terá que visitar o site deles para aprender sobre oportunidades de educação continuada, treinamento, networking e certificação.

  1. Associação Americana de Auditores de Codificadores Clínicos

A AACCA fornece certificação e treinamento criados para manter codificadores profissionais conformidade com os regulamentos exigidos pelo governo e atualizado com os padrões do setor de saúde.

8. Billing-Coding

Video
  • , title : 'High Density 2022
    High Density 2022

Este fórum abre discussões sobre diversos tópicos, incluindo conselhos de carreira, códigos de casa, escolas e faculdades e conselhos gerais.

  • Conclusão

As estatísticas indicam que a demanda por codificadores aumentará 16% entre 2016 e 2026. Isso é muito maior do que o crescimento projetado em geral mercado de trabalho. Mas lembre-se de que esse negócio não é tão bom, pois serão necessários dedicação e conhecimentos de informática para ter sucesso nesse negócio.

Um especialista em cobrança e codificação médica deve ser capaz de explicar cobranças e faturas aos pacientes e suas famílias, muitas vezes sob condições estressantes. Espera-se que você tenha altos padrões éticos devido à natureza confidencial das informações do paciente e também tenha a capacidade de trabalhar bem de forma independente e com outras pessoas.

Você pode marcar esta página