Negócio em casa: como criar um plano de negócios perfeito

Iniciar um negócio em casa não é fácil. Embora a parte inicial possa ser emocionante, há muitas coisas que você precisa aprender para alcançar o sucesso. Todo bom negócio tem uma coisa em comum – um plano de negócios. Sem isso, você provavelmente experimentará falhas e perderá tudo o que investe, tempo, dinheiro e esforços. Muitas empresas abrem todos os anos e quase dois terços delas fracassam no ano seguinte. Como isso aconteceu? A resposta depende da sua fundação. Se você não souber qual caminho seguir, pode simplesmente se perder.

Para evitar erros e armadilhas comuns ao iniciar o negócio dos seus sonhos, descrevemos dicas úteis que o ajudarão a superar desafios.

Avaliação de si e de suas idéias

  • Habilidades e atitudes

Quais são seus pontos fortes e habilidades? Faça uma auto-avaliação e pergunte a si mesmo se você é conhecedor e confiante o suficiente para entrar em um empreendimento comercial. Isso requer atitude, motivação, iniciativa e capacidade de adaptação em diferentes situações.

Determine se há uma grande quantidade de demanda por suas habilidades. Esse é o seu principal ativo e você precisa aprimorá-lo continuamente todos os dias. Use seus talentos e habilidades para gerar idéias de negócios lucrativas. Ao montar um plano perfeito, você tem mais oportunidades de ganhar.

  • Ângulo de lucro

Toda empresa tem como objetivo obter lucro. Se você acha que suas habilidades custarão muito tempo para começar o fluxo de renda, considere outras habilidades que possa estudar e aprender. Por exemplo, se você faz artesanato e consome uma semana para criar três deles, é necessário considerar outras idéias de negócios, como pet sitting, assistência virtual, contabilidade ou babá.

Criando um plano de negócios

Agora que você tem ideias em mente, vamos colocá-las em papel. Isso servirá como plano para seus objetivos, metas, planos de marketing e como você os colocará em prática. Basicamente, um plano de negócios consiste no seguinte:

  • Resumo executivo – mostra uma visão geral dos seus negócios
  • Descrição da empresa – descreve o que sua empresa oferece para fazer
  • Análise de mercado – ilustra os meandros do setor, mercado-alvo e concorrentes
  • Análise SWOT – explica os pontos fortes, fracos, oportunidades e ameaças que sua empresa encontrará
  • Serviço ou produto – informa sobre os produtos ou serviços que você está oferecendo para seus possíveis clientes
  • Plano de organização e gerenciamento – um resumo das pessoas envolvidas em seus negócios e suas funções.Você também deve informar se sua empresa é LLC, propriedade única, parceria, etc.
  • Marketing e vendas – detalha suas estratégias de marketing e publicidade, modelo de preços, plano de vendas e vendas plano.
  • Fundos – uma das partes mais vitais de um negócio. Nesta seção, você informará sobre seus fluxos de caixa, análises de equilíbrio, demonstração de resultados e solicitação de financiamento. Você pode procurar instituições financeiras e agiotas para buscar empréstimos e investimentos para financiar seus negócios.
  • Apêndice – inclui todos os documentos comprovativos, como currículos, pesquisas de mercado, estudos de caso, permissões e outros.

Ao escrever todos os detalhes acima, vamos discutir as etapas principais no planejamento de seus negócios em casa.

Video
    1. Realize pesquisas

    Tudo não é mágico. Você não pode obter resultados da noite para o dia. Pesquise sua indústria e gaste o máximo de tempo possível. Um erro comum é entrar nos negócios sem avaliar circunstâncias futuras. Pergunte a si mesmo o que você pode fornecer ao seu público? Eles estariam interessados ​​em seus produtos e serviços? Em caso afirmativo, qual é a demanda, quantos são seus concorrentes e como você abordaria seus clientes-alvo?

    Pesquise tudo. Depois de ter uma boa sensação de que existem grandes oportunidades para suas idéias de negócios, só então você poderá tomar sua decisão.Não corra riscos cegamente, mas saiba o quão profunda a água é antes de decidir pular.

    1. Determine seus objetivos

    Sua empresa deve refletir suas metas e objetivos. O que você quer alcançar? Aqui, você precisa agregar valor aos seus clientes em potencial. Qual é o objetivo do seu negócio? Permitir que as pessoas saibam a natureza do seu negócio cria confiança e reputação. Seja claro e conciso ao declará-los. Ele serve como seu argumento, portanto, garanta a atenção do público-alvo.

    1. Identifique seu nicho

    Com base em sua pesquisa, você verá que existem muitas empresas competindo pelos mesmos produtos e serviços. Será difícil para você entrar na crescente concorrência. Como você pode se destacar? Você pode responder a isso examinando os dados coletados em sua pesquisa. Uma dica útil é identificar o problema das pessoas e as soluções propostas com seus serviços.

    1. Crie um plano de marketing

    Não porque você seja excelente no que faz, as pessoas aproveitarão o que você oferece. Sem marketing, eles não saberão que sua empresa existe. Promova seu negócio localmente e comece no seu bairro. Explique por que você se importa e como você pode fornecer soluções para as necessidades deles. Nunca subestime o poder do marketing boca a boca.Ao mostrar valor às pessoas, você pode obter referências e expandir o alcance de seus negócios.

    Atualmente, a maioria das pessoas usa mídias sociais e muitos de seus possíveis clientes estão lá. Estabeleça uma presença online e interaja com seus seguidores. Você pode iniciá-lo criando um site simples e configurando páginas de mídia social para os seus negócios.

    1. Crie um bom escritório em casa

    Sua personalidade reflete como você trata seus negócios. Você não pode manter seus negócios funcionando se não estiver organizado. Se você tiver um espaço extra, tente convertê-lo em um escritório doméstico dedicado. Com isso, você pode se concentrar no seu trabalho e se tornar mais produtivo.

    1. Estabeleça a autodisciplina

    Embora você possa trabalhar de pijama, isso não significa que você não precise definir o horário de trabalho. Um empresário eficaz sempre age como um profissional. Crie um cronograma e cumpra-o. Você pode dizer que é seu próprio chefe, mas lembre-se de que são os clientes que mantêm seus negócios em movimento.

    1. Antecipe o futuro

    Esteja pronto para as incertezas. O próximo mês não será o mesmo do mês anterior. Você enfrentará diferentes desafios ao longo do caminho e, se não estiver pronto para enfrentá-los, sua empresa poderá afundar facilmente. Desenvolva seu plano de negócios e continue aprendendo coisas novas relacionadas ao seu setor.A razão pela qual as empresas se mantêm à tona é que sempre se preparam para o desconhecido, se adaptam às mudanças e inovam novas idéias e conceitos.

Você pode marcar esta página